Coro Misto


Coral Misto

Curriculum



 

Curriculum Coro Misto do Orfeão de Abrantes e Maestro / Doc

 

 

 

 

 

Coro Misto do Orfeão de Abrantes

O Orfeão de Abrantes, foi fundado em 20 de Janeiro de 1929 e desenvolveu desde sempre uma actividade musical com as exigências de cada época. Esta Associação engloba três valências importantes a nível de expressão cultural na cidade de Abrantes, são elas, a Escola de Música, o grupo Cant’Abrantes e o Coro Misto.

O Coro é composto por cerca de 35 pessoas, que se propuseram desde há muito promover e divulgar a Música Coral.

Tem realizado concertos por todo o País a convite de autarquias, colectividades de cultura e recreio, empresas dos mais variados ramos e em iniciativas de intercâmbio com outros coros, quer Nacionais quer estrangeiros. Desenvolveu trabalho de intercâmbio com coros Franceses, tendo-se deslocado em digressão a França (região de Picardie), em Setembro de 1984, Abril de 1988 e em 1992 realizando concertos em Amiens, Reims, Boulogne sur Mer, Laon, Hirson e Chantilly.

Em Outubro de 1991, foi convidado pelo Comissário da EUROPÁLIA-91-Portugal, a participar na Bélgica, naquela exposição, tendo realizado concertos em Ekeren, Antuérpia e Tirlemont.

Em Junho de 1995 deslocou-se à Hungria a convite de Székely Mihály Korus, tendo realizado dois concertos em Jaszbéreny. Em Abril de 1996, deslocou-se a Phartenay, em França onde realizou um concerto.

Deslocou-se a Espanha, nomeadamente a Salamanca e Arnedo, de cuja cidade é geminada e onde efectuou diversos concertos.

Participou na gravação de um CD “Os Melhores Coros da Região”, promovida pela Editora Public Art, tendo gravado exclusivamente obras de Compositores Portugueses. Em 2005 viajou novamente até à Hungria onde participou em diversos concertos nas cidades de Jasberéry e Gyongyosi, conjuntamente com os coros Székely Mihály, Cantus Corvinus e ainda um coro da Polónia.

Executa um variado repertório de música sacra, profana e Espirituais de autores Universais desde o Renascimento aos compositores contemporâneos, dando especial dedicação à Música Popular Portuguesa de um dos maiores vultos musicais Nacionais do sec XX, Fernando Lopes Graça.


 

 

Direcção Artística - Rui Martins Picado

Curriculum do Maestro

Rui Martins Picado, nasceu em Portalegre a 18 de Fevereiro de 1951 e desde muito jovem que veio demonstrando grande interesse pela música, procurando por iniciativa própria obter conhecimentos musicais através de manuais próprios.
Durante a sua infância e adolescência em Portalegre, fez parte dos pequenos cantores de Portalegre e estudou solfejo e piano com professores particulares.
Frequentou até ao 5º. Ano de Canto e Educação Musical. Já mais tarde, quando passou a residir em Abrantes, em 1975, frequentou 11 cursos de Direcção Coral promovidos pelo Ministério da Cultura, em Torres Novas, com o Coral Phydellius, ministrados pelo Maestro José Robert, e que decorreram anualmente de 1979 a 1989.
Em 1985, frequentou um estágio de Direcção e Regência Coral com o Maestro Erwin Liszt em Strasbourg, ao mesmo tempo que estudou técnica vocal aplicada aos Coros Amadores, com Gilles Schneider também de Strasbourg.
Em 1986 frequentou outro estágio de Direcção e Regência Coral, tendo estudado com os Maestros Pepe Prazt, de Barcelona e Erwin Liszt.
Em 1990 frequentou novo estágio de Direcção e Regência Coral tendo estudado novamente com Erwin Liszt e Pepe Pratz, e ainda técnica vocal com Gilles Schneider.
Frequentou ainda em Paris, em 1992, um estágio – Atelier para Directores Artísticos de Coros Amadores Europeus, sob a Regência do Maestro Bruno Leleu.
Desde 1981 que é Director Artístico do Coro Misto do Orfeão de Abrantes e desde 1996 é o Director Artístico do Coral Polifónico de Ponte de Sor.

 

 

©2006 Orfeão de Abrantes / Cant'Abrantes